Homem que viveu como drag queen por 20 anos se entrega a Jesus: "Fui liberto" - Mg Noticias.net

Mg Noticias.net

Aqui você fica bem informado!

Post Top Ad

Homem que viveu como drag queen por 20 anos se entrega a Jesus: "Fui liberto"

Homem que viveu como drag queen por 20 anos se entrega a Jesus: "Fui liberto"

Share This
Homem que viveu como drag queen por 20 anos se entrega a Jesus: "Fui liberto"
Kevin Whitt antes e depois de seu encontro com Cristo. (Foto: Reprodução/Facebook)
Kevin Whitt conta que é um homem liberto por Cristo após 20 anos vivendo como drag queen. Hoje cristão, ele testemunha o poder transformador de sua nova fé.

Em julho, Kevin Whitt organizou um protesto do lado de fora de uma biblioteca que abrigou uma hora de história contada por duas drag queens.

Atualmente, Whitt é o diretor do capítulo de Dallas da MassResistance, uma organização ativista socialmente conservadora, que postou um vídeo de seu depoimento.

"Eu era uma prostituta transexual e drag queen por 20 anos". “Eu costumava atuar em todos os locais de drag em Dallas com meus shows. E então, cinco anos e meio atrás, encontrei Jesus e fui libertado”, testemunhou.

O testemunho de Whitt é detalhado em um livro a ser publicado sob o título “God Saved the Queen: A jornada de uma drag queen do palco ao púlpito”.

Whitt disse que "não estava procurando por Deus", mas Deus chamou sua atenção através de "uma série de circunstâncias".

"Eu não estava procurando por uma mudança", disse ele. “Eu amava estar nesse estilo de vida. Mas Deus apenas capturou meu coração e eu entreguei minha vida a Ele. Fui liberto em Jesus. E, desde então, minha vida tem sido muito melhor, estou mais feliz do que nunca”.

Whitt conta que seu antigo estilo de vida o deixava muito deprimido. “Eu precisava ficar bêbado o tempo todo. [Eu estava] dormindo com todos os tipos de homens diferentes. Quer dizer, eu dormi com provavelmente cinco caras em um dia. Eu era muito sexualmente pervertido”, relata.

Ele conta que foi molestado sexualmente quando criança. O terapeuta o diagnosticou com disforia de gênero e disse que ele “deveria ser apenas uma mulher”.

Anos mais tarde, porém, ele teve seu encontro com Cristo.

Whitt também combate “teólogos pró-gays” que afirmam que a Bíblia apóia a homossexualidade. Ele chama a Escritura de “verdade inerrante e infalível”, mas a “homossexualidade é pecaminosa”.

"[A Bíblia] é muito, muito clara", disse ele. "Não há como distorcer as Escrituras em torno disso".

Nenhum comentário:

Post Bottom Ad