Search

PSL é acusado de criar candidata laranja para usar verba pública de R$ 400 mil

O grupo do atual presidente do PSL, Luciano Bivar, recém-eleito segundo vice-presidente da Câmara dos Deputados, é acusado de criar uma candidata laranja em Pernambuco que recebeu do partido R$ 400 mil de dinheiro público na eleição de 2018.
De acordo com reportagem da Folha de S. Paulo, Maria de Lourdes Paixão, 68, que oficialmente concorreu a deputada federal e teve apenas 274 votos, foi a terceira maior beneficiada com verba do PSL em todo o país.
A quantia destinada à candidata foi do que a do próprio presidente Jair Bolsonaro e a deputada Joice Hasselmann, que recebeu 1,079 milhão de votos.
O dinheiro do fundo partidário do PSL foi enviado pela direção nacional da sigla para a conta da candidata em 3 de outubro, quatro dias antes da eleição.

*Metro1



O MG NOTICIAS.COM.BR é um blog de conteúdo noticioso, com Foco em todo tipo de notícias sobre Política, Economia, variedade, polícia, política, esporte, Saúde, tudo que é notícia está aqui. Está no ar desde o dia 04 de Janeiro de 2013..


0 thoughts on “PSL é acusado de criar candidata laranja para usar verba pública de R$ 400 mil