Atacante Neto Baiano e Vitória encaminham acordo após reunião na Toca do Leão - Mg Noticias.net

Mg Noticias.net

Aqui você fica bem informado!

About Me

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Atacante Neto Baiano e Vitória encaminham acordo após reunião na Toca do Leão

Atacante Neto Baiano e Vitória encaminham acordo após reunião na Toca do Leão

Share This
Atacante Neto Baiano e Vitória encaminham acordo após reunião na Toca do Leão
Neto Baiano e Vitória encaminharam um acordo em reunião realizada na tarde desta segunda-feira (4), na Toca do Leão. O atacante de 36 anos negocia para voltar a vestir a camisa 9 do rubro-negro após quatro anos, em princípio até maio.

“O contrato ainda não foi fechado. Tivemos uma boa conversa e vamos tentar resolver amanhã. Quero ajudar o Vitória a voltar para a primeira divisão”, disse o centroavante ao site globoesporte.com ao deixar o encontro.

Nesta segunda-feira, o Vitória ouviu a contraproposta dos empresários de Neto Baiano. A proposta inicial do rubro-negro foi por um contrato curto. O vínculo teria gatilhos de remuneração a partir da produtividade, como número de jogos e gols.

O atacante disse estar acompanhado o Vitória e que inclusive assistiu ao empate em 1×1 com o Bahia, domingo (3).

“Clássico é diferente. Não tem essa de um estar na primeira divisão, outro na segunda. Faltou Neto Baiano ali para fazer os gols e deitar na sardinha”, disse Neto Baiano sobre o Ba-Vi na Fonte Nova.

Em 2018, com a camisa do CRB, Neto Baiano disputou 53 jogos e marcou 22 gols. Foi a melhor das três temporadas do camisa 9 pela equipe alagoana. Em 2016, seu primeiro ano, marcou 13 gols em 47 jogos. Em 2017, balançou a rede 13 vezes em 55 partidas.

Nos três anos no CRB, Neto trabalhou com Alarcon Pacheco, atual gerente de futebol do Leão. “Ele teve um bom número de jogos conosco, nos mesmos campeonatos que o Vitória disputará em 2019, como estadual, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série B”, ressaltou o dirigente.

A última passagem de Neto Baiano pelo Vitória foi em 2015. Curiosamente, ele acabou afastado pelo clube ao fim do Campeonato Baiano, depois do Leão ser eliminado pelo Colo-Colo nas quartas de final. Disputou apenas 16 jogos e fez seis gols pelo estadual e pela Copa do Nordeste.

Ele também defendeu o Leão em 2009, 2011 e 2012. Um recorde explica a idolatria: é o maior artilheiro do Barradão, com 53 gols marcados na casa rubro-negra.

As conversas entre os empresários do atacante e a diretoria rubro-negra começaram no final do ano passado, mas não evoluíram. Com a limitação no elenco do técnico Marcelo Chamusca neste início de temporada, porém, as negociações foram retomadas na semana passada.

“Nossa comissão técnica identificou que nesse momento precisamos de um pouco mais de maturidade, jogadores de maior experiência. Iniciamos uma negociação, que pode concluir ou não”, disse o presidente do Leão ao site globoesporte.com.

Atualmente, Chamusca conta apenas com Léo Ceará, de 24 anos, e Eron, de 20, para a camisa 9. Os dois começaram a temporada em baixa, sem marcar gols. O primeiro disputou quatro jogos, e o segundo, três.

Na entrevista coletiva após o Ba-Vi, Chamusca elogiou o centroavante: “Veio jogar no futebol baiano no clube que eu trabalhava, o Palmeiras do Nordeste. Já trabalhou comigo e o conheço bem. Apesar da idade, teve um histórico interessante em 2018. Tem também uma certa identidade com o clube. Pode sim acontecer, até porque a gente está com jogadores muito jovens, precisa de uns atletas mais cascudos” segundo o Correio. Foto: Douglas Araújo / CRB

Nenhum comentário:

Pages